sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Os ventos da mudança e o aroma de novos tempos no horizonte

Olá leitores imaginários, como estão? Eu estou... Bem, acho que confuso me define razoavelmente. Já faz mais de 3 anos que criei este blog, muito tempo dei-me conta agora. Eu mudei horrores, sou um alguém totalmente diferente do que era naquela época. Saí pelo mundo e dei de cara com a vida, mas em vez de dizer "Olá" e "Bem vindo", ela me deu foi uma rasteira das boas. Hahaha!As mudanças pessoais, físicas e psicológicas foram incontáveis, mas as mudanças por aqui não foram muitas, eu sei, me desculpem. Até agora, mas pretendo acabar com isso...

Antes eu era bem da literatura, os livros eram meu mundo e preenchiam quase todo o meu tempo. Mas hoje, meus gostos e hobbies se expandiram consideravelmente. E tenho a intenção falar sobre isso aqui. Continuarei a falar dos meus amores, os books, mas tratarei também sobre coisas que amo demais, como: música, arte, filmes, séries, e etc. É um pouco complicado dizer e planejar o que farei porque sou muito inconstante e mutável. Então, publicarei tudo o que tiver vontade, coisas aleatórias, falarei de assuntos do meu interesse e por aí vai.

Mas uma das principais coisas que pretendo fazer é publicar os meus escritos, minhas pequenas produções autorais. Contos, crônicas, frases, reflexões, pequenos ensaios e existencialismos meus. Porque umas das coisas que mais gosto é extravasar e expressar através da escrita o que tenho e o passa pelo meu ser. Geralmente escrevo-os em momentos muito específicos, como em períodos de sofrimentos, existencialismo, insights, ou quando chego à alguma conclusão particular. Não consigo escrever do nada, necessito de inspiração e principalmente da "necessidade" de escrever.

Vai ser algo mais particular, para satisfazer minha vontade e necessidade de compartilhar o que escrevo em algum lugar, eu sei. Deixar tudo o que já produzi escondido e guardado seria uma crueldade com os pobres textos e se acontecer qualquer coisa, eles estarão livres para o mundo poder vê-los... Porque afinal, leitores e amigos não se arriscarão, nem cruzarão por aqui. Mas eu os desejaria imensamente. Fiquei muito tempo sem publicar, mas a minha solidão me fez resgatar meu velho amigo blog pra me ajudar.

Espero que dê certo. Um abraço bem carinhoso e entusiasta!!
Assinado, uma alma gigante presa em uma existência difícil e confusa...

Obs.: o que será publicado é particular e de minha autoria, então, por favor, se for reproduzir, dê direito e cite referência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário