quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Resenha: O Aprendiz do Arquimago


    Livro: O Aprendiz do Arquimago
   Autor: Michael A. Iora
   Ano: 2015
   Editora: Chiado Editora

   Edição:
   Páginas: 630 (18 cap.)
   Gênero: Fantasia

Aglarion é um jovem elfo que mora em um dos vários reinos de Herannon, uma terra encantada onde feiticeiros e guerreiros convivem em um mesmo mundo de magia. Depois de tanto tempo vivendo entre os elfos de Elennan, este menino, dono de segredos dolorosos, vai ingressar em uma nova e emocionante vida: a de aprendiz de mago. Para isso ele vai ter de se submeter aos ensinos de Kyehntw'arthal (pronuncia-se "qui.en.tuar.tao"), o mais poderoso de todos os magos de Herannon da 3ª Era.
Contudo, essa missão não vai ser nada fácil, principalmente por causa do seu insuportável mestre e os árduos desafios impostos por ele. Com aprendiz de magia ele deverá estudar coisas como a Alquimia das poções, a percepção e canalização do seu ynnid (aura mágica)e o controle da poderosa magia arcana.

Para piorar, a assustadora e iminente insurgência dos Cinco Tarwindoaj Nondarait, bruxos mortos-vivos das trevas, vem lançar um clima assustador sobre todo. E além de tentar sobreviver às lições do seu mestre, Aglarion, vai ter de lutar para conseguir conter os seus sentimentos inquietantes, antes que eles o dilacerem impiedosamente. Para conseguir vencer os problemas e se sobressair aos desafios este jovem aprendiz terá de provar todas as suas habilidades e esperteza, para então conseguir se tornar um verdadeiro mago digno de aventuras grandiosas e feitos heroicos.

Gostei imensamente do livro. Uma obra realmente interessante, com uma linguagem cativante e fluente.Não é novidade que sou louco por Literatura Fantástica, um leitor bem exigente por sinal, mas essa obra realmente me conquistou, com suas aventuras emocionantes, seus personagens sensacionais e a sua estória  envolvente. Além disso, possui uma capa  e um design muito bonitos.

Outro fato que torna esse livro tão legal assim  é a sua semelhança com as obras de Tolkien, este que é um dos meus ídolos máximos da literatura.

E ainda me identifiquei bastante com o autor, pois, além de ser fã de Literatura Fantástica e Tolkien, descobri que ele é gaúcho assim como eu e mora em uma cidade relativamente próxima da minha. É bom ver a nossa literatura brasileira alcançando altos níveis de qualidade.

Meu capítulo preferido é o Capítulo XVII - Dolorosa Revelação.

    Nível de Recomendação: 8,5;
    Capa: 8;
    Trama: 9;
    Enredo: 8,5;
    Desfecho: 9,5.

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá João.
      Sim, a estória é muito interessante. Um livro super recomendável.
      Abs., Jean.

      Excluir
  2. olá Jean, te parabenizo por esta resenha.
    Gosto muito do seu blog,você escreve muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Oelita, tudo bem?
      Muito obrigado, fico lisonjeado com os seus elogios. Volte sempre, e fique à vontade para comentar e visitar o blog quando quiser.
      Abs., Jean.

      Excluir
  3. Nossa,esse livro deve ser muito legal, deveria haver um filme dele.
    Parabéns pela resenha.
    Abs., Matheus.

    ResponderExcluir
  4. Olá Matheus, blz?
    Sim, é uma obra muito interessante. Também concordo que deveria ter um filme baseada na estória.
    Muito obrigado.
    Abs., Jean.

    ResponderExcluir