sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Resenha: O Elevador Ersatz

Leitura Atual    Livro: O Elevador Ersatz
   Autor: Lemony Snicket
   Ano: 2001
   Editora: 
Cia. Das Letras

   Edição: 1ª (2003)
   Páginas: 232 (13 cap.)
   Gênero: Aventura

     Após escapar de mais um dos terríveis planos do pérfido conde Olaf, Violet, Klaus e Sunny Baudelaire vão morar com os seus mais novos tutores, os Squalor. Que, sendo duas pessoas muito ricas, moram na cobertura de um prédio da Avenida Sombria 667, esta que mais parece um labirinto do que um apartamento normal.
  Mas, logo ao chegar lá, os órfãos Baudelaire vão se deparar com muitas coisas e situações bem características de uma terrível desventura. Como, um porteiro sinistro, uma escada quilométrica e a moda do In ou Out, que é mais ou menos como estar (In) ou não (Out) na moda. Um exemplo disso notado pelos irmãos desventurados logo na chegada, quando a luz elétrica e os elevadores estavam Out, então ninguém os usa e tudo é escuro e cansativo.

     Para piorar, o conde Olaf utiliza mais um de seus disfarces para por em prática o seu plano de roubar a fortuna Baudelaire e matar Violet, Klaus e Sunny. Que terão de usar todas as suas habilidades para desmascarar o seu arqui-inimigo e, além de salvar a si mesmos, deverão resgatar os seus novos amigos, os trigêmeos Quagmire, resolver o misterioso enigma de C. S. C. e ultrapassar todas as coisas ersatz (enganosas e falsas) que vão surgir em seu árduo caminho.
     Nem preciso dizer que que adorei este livro, como todos os outros da série. Estou me tornando tão das “Desventuras em Série” quanto de “Harry Potter”, “Percy Jackson” e “O Senhor dos Anéis”. É uma leitura tão boa e agradável que é impossível parar de ler. Snicket conta a estória como se estivesse em uma constante conversa com o leitor. Uma narrativa cheia de aventura e mistério!

   Minha personagem favorita deste volume é Violet Baudelaire, pois ela é tão corajosa, esperta, leal e guerreira.

                                                     

        Meu trecho preferido é este:
      “... ‘O que aconteceu conosco? O que nos trouxe a este         lugar horrível para onde olhamos agora? ‘.              
      ‘Desventura’, disse Violet mansamente.                 
      ‘Um terrível incêndio’, disse Klaus.                 
      ‘Olaf’, disse Sunny decidida...”  (pg. 228)


     Nível de Recomendação: 10;
     Capa: 8;
     Trama: 9;
     Enredo: 9;
     Desfecho: 10.
        

2 comentários:

  1. Olá, Jean!
    Como vai? Nossa, simplesmente morro de interesse e ler essa série! Conheci pelo filme e me encantei com a história e os irmãos Baudelaire, fiquei super curiosa para ler e agora com sua resenha minha curiosidade só aumentou. rsrs Adorei a resenha!
    Beijos! *-*
    http://atetucapitu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Larissa! Tudo bem?
    Também conheci essa série pelo filme, adoro os livros. Curto muito a estória dos órfãos Baudelaire, é uma das minhas sagas favoritas. Com certeza você vai gostar dela. Muito obrigado, volte sempre.
    Abraços, Jean.

    ResponderExcluir