quinta-feira, 28 de maio de 2015

CURIOSIDADES SOBRE A SÉRIE AS CRÔNICAS DE NÁRNIA

    É uma série composta por sete livros de fantasia, escritos por C. S. Lewis. A obra mescla elementos de mitologia nórdica e grega com temas cristãos e contos de fadas. As histórias das crônicas se passam no mundo fantástico de Nárnia, onde existe magia, animais falam e há guerras entre seres do bem e do mal. As sete histórias são (em ordem cronológica, não de publicação): ‘O Sobrinho do Mago’, ‘O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa’, ‘Príncipe Caspian’, ‘A Viagem do Peregrino da Alvorada’, ‘A Cadeira de Prata’, ‘O Cavalo e seu Menino’ e ‘A Última Batalha’.
    A série ‘As Crônicas de Nárnia’ faz várias alusões à Bíblia e ao cristianismo, apesar de autor ter afirmado que as conexões não foram propositais. O leão Aslan, por exemplo, seria uma alegoria de Deus, já que ele criou o mundo de Nárnia e aparece em todas as histórias como um conselheiro. Além disso, ‘As Crônicas de Nárnia’ têm vários elementos das mitologias nórdica e grega, como faunos, sereias, dríades, duendes e dragões. 
    O volume único em inglês, com as sete histórias de ‘As Crônicas de Nárnia’, publicado pela editora Zonderkidz, tem 768 páginas. 
    As Crônicas de Nárnia’ não é uma obra declaradamente feita para crianças. No entanto, o público infantil tem grande identificação com as histórias, já que, na maioria delas, os personagens principais são meninos e meninas. Além disso, a linguagem empregada por C. S. Lewis é leve e simples, o que contribui para a compreensão infantil.
    Desde o lançamento do primeiro livro, ‘O leão, a feiticeira e o guarda-roupa’, a obra de C. S. Lewis ganhou notoriedade internacional. Mais de 120 milhões de cópias dos sete livros foram vendidas em todo o mundo, em 47 idiomas diferentes. 
    O autor de ‘As Crônicas de Nárnia’, C. S. Lewis, foi premiado em 1956 com a Medalha Carnegie, pelo livro ‘A Última Batalha’ (o último da saga).
    C. S. Lewis inspirou vários outros escritores contemporâneos, como Daniel Handler (Desventuras em Série) e J. K. Rowling (Harry Potter). Em homenagem à sua contribuição à literatura, há uma estátua do autor entrando em um guarda-roupa, em sua cidade natal, Belfast, na Irlanda do Norte.
    Os nomes originais (os primeiros, depois Lewis mudou) das quatro crianças eram Ann, Martin, Rose e Peter. 
     “Aslam” é a palavra turca para designar “leão”.
    Em quênia, lingua criada por Tolkien, amigo de C. S. Lewis, “Narn-îa”, significa algo como “profundeza dos contos”.

4 comentários:

  1. Muito boas suas resenhas, gostei muito do conteúdo do seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado! Continue acessando e comentando. :)

    ResponderExcluir