quarta-feira, 27 de maio de 2015

A última batalha

      Livro: A última batalha
    Autor: C. S. Lewis
    Ano: 1956
    Editora: Martins Fontes
    Edição: 1ª (2005)
    Páginas: 111 (16 cap.)
    Gênero: Fantasia

    Nesta última crônica Lewis nos conta os acontecimentos e aventuras transcorridos nos últimos dias de Nárnia, durante o reinado de Tirian, o último descendente da linhagem de Caspian. Bem, tudo começa quando Manhoso, um macaco astuto, encontra uma pele de leão e, depois de vesti-la no seu amigo Confuso, um jumento modesto, saem por Nárnia dizendo que ele era Aslam.
    Como todos temiam e respeitavam muito o Grande Leão, começam a acatar as mais estranhas e pérfidas ordens de Manhoso. Em pouco tempo as florestas encantadas começam a ser destruídas e os animais e os anões escravizados, então os calormanos iniciam uma aliança com o macaco para dominar todas aquelas terras e o rei fica cativo.
    É em meio à esses terríveis acontecimentos que os antigos aventureiros retornam a Nárnia para tentar salvá-la da iminente destruição. Onde um terrível monstro surge ameaçando a todos e uma épica batalha, a última delas, é travada entre o bem e o mal, a razão e a ignorância. Um desfecho surpreendente e incrível!
    Achei o livro incrivelmente bom. Com um desfecho sensacional e reconfortante. O segundo melhor da série, do meu ponto de vista. Mas, o que mais me interessou foi a relação e a conciliação feita com o nosso mundo.
    Meus trechos preferidos são estes:
    "...-O tempo é chegado. Agora! Tempo! - E depois rosnou mais alto. -Tempo! - E depois tão alto que até as estrelas estremeceram: -TEMPO!..." (pg. 723)

    Também  gostei deste:
    "...-Que agora haja um fim!..." (pg. 729)

    Mas o mais surpreendente e legal foi este:
    "...E, à medida que Ele falava, já não lhes parecia mais um leão. E as coisas que começaram a acontecer a partir daquele momento eram tão lindas e grandiosas que não consigo descrevê-las. Para nós, este é o fim de todas as histórias, e podemos dizer, com absoluta certeza, que todos viveram felizes para sempre. Para eles, porém, este foi apenas o começo da verdadeira história. Toda a vida deles neste mundo e todas as suas aventuras em Nárnia haviam sido apenas a capa e a primeira página do livro. Agora, finalmente, estavam começando o Capítulo Um da Grande História que ninguém na terra jamais leu: a história que continua eternamente e na qual cada capítulo é muito melhor do que o anterior." (pg. 737)

    O melhor capítulo, na minha opinião, é o Capítulo Catorze - Cai a noite sobre Nárnia.

    Nível de Recomendação: 10;
    Capa: 10;
    Trama: 10;
    Enredo: 10;
    Desfecho: 1 milhão.

8 comentários:

  1. Vai te cativar muito. Uma leitura interessantíssima.

    ResponderExcluir
  2. Um dos meus livros favoritos da saga. Aquele final é incrível. ;)

    ResponderExcluir
  3. Com certeza! Também gostei muito final. Uma pena que a Suzana não participou do fim. Mas aquela conciliação que o Aslam fez com o nosso mundo é bem legal. Já entrou para a minha lista de preferidos.

    ResponderExcluir
  4. Com certeza, Nárnia é uma das minhas sagas favoritas da vida!

    ResponderExcluir
  5. C. S. Lewis é muito legal. Um dos meus autores preferidos. Sua inspiração para a série é incrível.

    ResponderExcluir
  6. Bom parece ser muito bom esse livro, mas ainda prefiro os livros de J.R.R Tolkien

    ResponderExcluir
  7. Também gosto muito do Tolkien. Seus livros são incríveis. Adoro suas obras, são as melhores. Mas C. S. Lewis ainda é, muito bom.

    ResponderExcluir